Tiago Barata – Blog de Fotografia e Viagens

Este blog é dedicado a quem gosta de fotografia e viagense para todos aqueles que têm curiosidade de saber a minha visão do Mundo.

Barroso, Trás-os-Montes

1 Comentário

IMG_6699_500

O Barroso, ou Terras do Barroso, é uma região que engloba os concelhos de Montalegre e Boticas, em Trás-os-Montes.

Em virtude da sua altitude (cerca de 1300 metros) é muito comum a Serra do Barroso, pertencente ao sistema montanhoso da Peneda-Gerês, ficar pintada de branco durante o Inverno. Por este motivo, o engenho humano há muito encontrou formas de ultrapassar a época mais fria do ano, com recurso às tradicionais vestes que muitos transmontanos não dispensam.

IMG_6667_500

Estas condições agrestes forçaram muita da população, actualmente muito envelhecida, a um profundo isolamento durante algumas épocas do ano.

IMG_6764_500

IMG_6720_500

IMG_6684_500

A população das aldeias do Barroso ainda subsiste em grande parte da agricultura e da pastorícia

O meu primeiro verdadeiro contacto com esta região de Trás-os-Montes foi pelas páginas do fabuloso livro “Crónicas Portuguesas” (Assírio & Alvim) do fotógrafo francês Georges Dussaud que documentou, como poucos, a ruralidade e as tradições do Barroso, e muito em particular as condições de vida e trabalho “agrestes”, provando a resiliência do povo transmontano. Como refere Christine Dussaud (mulher de Georges) a abrir o livro “Regresso a Portugal, no Norte do Norte (…), quer dizer, a Trás-os-Montes. Esta palavra que me fascina e que faz todo o sentido: para lá das montanhas, no além, um outro mundo”.

IMG_6625_500

Cascata próxima do Mosteiro de Santa Maria das Júnias

Uns anos mais tarde, mais concretamente em Novembro de 2009, participei num passeio do fotógrafo António Sá ao Barroso e tive a sorte de presenciar e fotografar esta região em pleno Outono, pintada não de branco, mas sim de uma vasta palete de cores.

IMG_6602_500

Mosteiro de Santa Maria das Júnias

Uma das verdadeiras iguarias da região, além da muito saborosa carne barrosã, são os pratos confeccionados com cogumelos provenientes das zonas mais húmidas da Serra do Barroso. IMG_1723_500

IMG_6676_500

Chegada à aldeia depois de uma manhã a colher cogumelos

Para quem desejar visitar Trás-os-Montes, além de toda a paisagem da Serra do Barroso, recomendo também uma visita ao Ecomuseu do Barroso, em Montalegre, e, um pouco mais longe, ao recente Centro de Fotografia Georges Dussaud, uma homenagem da Câmara Municipal de Bragança a este “filho da terra”.

IMG_6789_500

Na Serra do Barroso é possível encontrar inúmeras “Alminhas”, um símbolo de fé da população

Links úteis:

Anúncios

One thought on “Barroso, Trás-os-Montes

  1. Gosto muito Tiago. Captaste as “alminhas ” do Barroso!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s